Lesão Ligamento Cruzado Anterior

A lesão do Ligamento Cruzado Anterior (LCA) é um evento que altera a vida e afeta significativamente a carreira de um futebolista. O LCA cumpre um papel fundamental na estabilização do joelho prevenindo uma anteriorizarão e rotação interna da tíbia.

A lesão do LCA ocorre especialmente em mecanismos de não contacto, representando 85% das lesões em futebolistas. Este mecanismo ocorre com um movimento de valgo do joelho em extensão combinado com rotação externa da tíbia.  Analises de vídeo demonstram jogadores profissionais com maior risco de lesão nos minutos finais da partida em situações de pressão da equipa contrária.  Este mecanismo ocorre geralmente em situações de defesa e/ou entradas perigosas do adversário, sendo os avançados e defesas os mais afetados.

Na grande maioria das lesões o tratamento cirúrgico é o mais utilizado sendo o ligamento reconstruído com um excerto dos músculos isquiotibiais. Para que o joelho esteja desinflamado, com boa mobilidade e exista um adequado controlo muscular para retorno à competição são necessários, em média, 8 meses de recuperação