Como lidar com o problema das lesões

As lesões fazem parte das carreiras dos atletas e é preciso encarar-lhe de forma positiva. São momentos que nenhum atleta deseja enfrentar.

No desporto em geral, o fator sorte e azar são componentes que estão associados à competição. A lesão é considerada um azar, que pode causar impacto negativo na vida profissional dos atletas, pode contribuir  para uma baixa motivação e desequilíbrio emocional dos atletas (medo, baixa auto-estima, falta de confiança, maior probabilidade de contrair recaída da lesão, dificuldade em aceitar instrução do técnico, preocupação e entre outros comportamentos que dificulta o rendimento do atleta).

Sendo assim, para lidar da melhor forma com este azar, em que qualquer um  está sujeito, segue alguns conselhos para ultrapassar esse mau momento:

  • aceitar positivamente a situação, ser otimista
  • dedicar na qualidade e estratégia do treino
  • criar objetivos
  • procurar e confiar nos médicos e preparador físico
  • treinar e trabalhar a mente
  • cumprir com rigor o plano de recuperação.

Também, o papel do treinador para com atleta em fase de recuperação, é muito importante.

Segue algumas dicas para o treinador:

  • entender e compreender as diferenças individuais e emoções
  • treino específico e individual,
  • criar expectativas reais
  • evitar falar da lesão com muita frequência durante e pós treino
  • estar sempre em contacto com o atleta
  • demonstrar apoio e empatia, ter paciência, encorajar e motivar.

Estes são algumas indicações  para lidar com as lesões. O fator psicológico é um dos elementos fundamentais no desempenho dos atletas.